. .

Movelsul Brasil de olho no acordo comercial entre Mercosul e União Europeia

O acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia ampliou ainda mais as expectativas de fortalecimento nas exportações do polo moveleiro de Bento Gonçalves. Ao contrário do Rio Grande do Sul e do Brasil como um todo, onde as exportações de móveis vêm caindo, no polo o desempenho é crescente há pelo menos 30 meses. Dentro desse cenário, o Reino Unido vem ganhando posições entre os maiores compradores de móveis do polo, tendo subido de 14º no ranking das exportações em 2018 para 7ª posição atualmente.

O polo moveleiro de Bento Gonçalves – que engloba os municípios de Bento, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira e Santa Tereza – exportou US$ 1,36 milhões para o Reino Unido em 2018, um crescimento de 48% em relação ao ano anterior. Especialmente após o anúncio da última sexta-feira, a percepção de cenário competitivo fica mais positiva, em função do acordo. Fora o Reino Unido, a França tem mantido algum volume de importação dos móveis do polo, mas nada que se considere expressivo. Atualmente, os maiores compradores de móveis do polo ainda são os EUA e países da América Latina.

Para o diretor internacional do Sindmóveis, Leonardo Dartora, é bastante cedo para traçar qualquer meta quantitativa, mas a percepção de condições mais equânimes de competitividade pode gerar bons resultados para as exportações do polo, embora as tarifas não sejam hoje um desafio de competitividade. De imediato, espera-se que as empresas moveleiras empreguem maior esforço comercial direcionado aos países europeus. A Movelsul Brasil vai fazer a sua parte para fomentar negócios com o bloco e, entre os 100 compradores estrangeiros que serão convidados para a feira com despesas pagas, haverá uma boa parcela de distribuidores e lojistas europeus.

Faltando oito meses para a feira, a equipe Internacional do Sindmóveis está em fase de seleção de importadores para o Projeto Comprador. “As empresas da União Europeia tenderão a ver o Mercosul com melhores olhos, comercialmente falando. Em se tratando de indústria moveleira, o Brasil certamente tem muita vantagem em relação aos países vizinhos”, pontua Dartora.

Sobre a Movelsul

A Movelsul Brasil 2020 será de 16 a 19 de março, com cinco pavilhões e 30.458 m² de área. São esperados pelo menos 200 expositores de alta escala, decoração, planejados e mobiliário corporativo. Além do público qualificado de lojistas brasileiros, a Movelsul Brasil tem um forte posicionamento internacional nos mercados de interesse para a indústria brasileira de móveis.

Promovida pelo Sindmóveis Bento Gonçalves, a Movelsul Brasil é a maior plataforma de negócios da América Latina para o setor moveleiro, orquestrando um ambiente de vendas e incremento de imagem para a indústria moveleira. Em sua história, a Movelsul Brasil já teve mais de 1.700 empresas expositoras. A primeira edição da feira aconteceu em 1977, ano em que o setor moveleiro consolidou-se como atividade líder na economia de Bento Gonçalves.