Notícia
  • 26 Nov 2018

    Empresários poloneses de olho no design brasileiro


Foto destaque da notícia

Ações estratégicas personalizadas para intensificar e promover a relação comercial entre os designers brasileiros e o mercado externo. Este é o fio condutor do Projeto Raiz, parceria entre o Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Atualmente, 46 estúdios de design de todo o país participam da iniciativa, que prevê investimento de U$ 2 milhões para o próximo período.     

Para fomentar a relação com o mercado europeu, principalmente o que diz respeito ao licenciamento de projetos e produtos, o Projeto Raiz receberá a visita de       empresas polonesas entre os dias 27 e 29 de novembro. O grupo de compradores passará por três importantes polos de design nacional: Rio Grande do Sul, São Paulo e Rio de Janeiro. De acordo com Ana Cristina Schneider, consultora do projeto, a Polônia é um canal de acesso para outros mercados de interesse na Europa, como o Reino Unido, um dos alvos do design brasileiro.      

Os números do Projeto       

Criado em 2012 a partir da base sólida do Sindmóveis de Bento Gonçalves, entidade que há 40 anos representa o setor moveleiro nacional, somado ao apoio da Apex-Brasil, o Projeto Raiz possui, atualmente, 46 estúdios de design associados, dentre eles nomes como Jader Almeida, Paulo Alves, Aristeu Pires, Guto Indio da Costa, entre outros.           
A atuação do Projeto segue o cronograma de feiras internacionais de design, com destaque para a participação na ICFF - Nova Iorque, considerada a maior plataforma do setor de mobiliário de alto padrão dos Estados Unidos. Para os próximos dois anos, a direção prevê participar dos seguintes eventos:    Semana de Design de Milão (abril/2019 e 2020); ICFF Nova Iorque (maio/2019 e 2020); Semana de Design de São Paulo (agosto/2019), Semana de Design de Londres (setembro/2019) e Movelsul Brasil (março/2020). As tradicionais mostras itinerantes por embaixadas do Brasil devem seguir por Barcelona (junho/2019), Berlim (setembro/2019) e Tóquio (Junho/2020).