Notícia
  • 30 Jun 2018

    Desempenho de maio confirma impacto da greve ao setor moveleiro


O faturamento da indústria moveleira de Bento Gonçalves perdeu força no mês de maio. O crescimento nominal no período de janeiro a maio de 2018 foi de apenas 0,8% em termos nominais quando comparado ao mesmo período do ano anterior. O desempenho até abril vinha num ritmo muito melhor, com crescimento superior a 6% no quadrimestre.

A paralisação no transporte de cargas foi o principal motivo dessa desaceleração, sendo que o impacto negativo na indústria e seus efeitos ainda estão sendo sentidos no mês de junho. O presidente do Sindmóveis, Edson Pelicioli, pontua que a recuperação do setor tem sido bastante lenta e conta com diversas adversidades, como a frágil recuperação econômica do Brasil e incertezas que vão do ambiente político ao econômico, agravadas pela recente greve e paralisação no setor de transportes.