Notícia
  • 14 Dez 2017

    Tendências de móveis para quarto de bebê


Tendências para quarto de bebê

A espera de um bebê é sempre motivo de alegria e muitos planos. Isso não poderia ser diferente quando o assunto é o quarto do pequeno. Para que a chegada do novo membro da família seja da melhor forma possível, o quartinho precisa ser planejado desde cedo, com calma e atenção aos detalhes. Saiba como aproveitar as tendências para quarto de bebê unindo conforto, estilo e segurança.

 

Quarto montessoriano

Esse é um conceito que vem ganhando adeptos. O quarto ao estilo montessoriano segue o método que prioriza a autoeducação da criança, oferecendo elementos que ajudem a estimular seu desenvolvimento e a autonomia. Para isso, móveis e acessórios são posicionados na altura do pequeno, deixando-o à vontade para explorar o espaço.

 

As instruções mais comuns são usar colchões no chão, para oferecer mais liberdade, e manter fácil acesso aos brinquedos (que, cabe lembrar, devem respeitar a classificação indicativa). Especialistas indicam que os brinquedos sejam oferecidos “em rodízio”, isto é, trocados a cada 15 dias.

 

Quartos ecológicos

A preocupação com sustentabilidade também chega como tendência para dormitórios infantis, ajudando o bebê a ter contato com o que é natural desde cedo. Abuse de materiais orgânicos, como madeira e pequenos vasos com plantas. Lembre-se de verificar a política de sustentabilidade das marcas para saber se os materiais são ecológicos MESMO.

 

Móveis coloridos dão o tom dos sentimentos

Geralmente os pais de bebês procuram móveis com cores claras e suaves, mas as mobílias coloridas vêm ganhando destaque no setor de decoração. Para fugir do óbvio (e da monotonia), designers de interiores apostam em cores mais intensas para peças como berço e guarda-roupa. Tons alegres, como laranja e azul, ajudam a transmitir mais vida ao cômodo e refletem a energia da família.

 

Detalhes em dourado garantem sofisticação

Com a vantagem de ser unissex, o dourado é uma ótima opção para criar um layout clássico, inspirado em contos de fadas, príncipes e princesas. As aplicações podem aparecer tanto em móveis (puxadores, linhas de acabamento) e objetos decorativos (vasos, caixas, molduras) quanto em luminárias (abajures, pendentes e velas aromáticas).

 

Papel de parede cria a atmosfera perfeita

Além da mobília, o papel de parede é um forte aliada para dar o acabamento que você deseja ao quarto do bebê. Existem milhares de opções no mercado, então a criatividade pode ir longe para obter um visual personalizado e lúdico. As estampas vão desde cores sólidas (se você não curte pintar a parede de forma “definitiva”) até desenhos, ilustrações e grafismos que combinem com tema que inspirou a decoração.

 

Texturas para despertar os sentidos

A texturização de paredes chega como forte tendência para quarto de bebê. A ideia é aplicar texturas inspiradas em materiais como camurça e linho, que além de darem um quê a mais na estética do dormitório, ajudam a explorar os sentidos de tato e visão.

 

Provençal: clássico que não sai de moda

O estilo provençal é uma escolha tradicional, pois transmite leveza e sofisticação, deixando o quarto elegante. Quer essa estética no quarto do seu pequeno ou da sua pequena? Então opte por cores claras e neutras e linhas tradicionais.

 

Nichos para aproveitar o espaço

Com casas e apartamentos cada vez menores, às vezes falta criatividade para otimizar o uso dos espaços. Nessa hora, explore as paredes! Como? Com nichos. Eles podem ser quadrados, redondos ou retangulares e dão uma liberdade incrível para guardar objetos. Além disso, conforme seu bebê cresce, os nichos podem ser reposicionados ou até mesmo realocados para outro cômodo da casa.

 

Iluminação para quarto de bebê

Bastante utilizada em projetos de arquitetura, a iluminação indireta também virou queridinha para o quarto da criançada. Faça diferentes instalações, criando espaços segmentados (canto de descanso e amamentação, espaço para trocar fraldas, iluminação dentro do roupeiro, etc.). Esse artifício ajuda a não exagerar nos pontos de iluminação, assim você acende apenas as lâmpadas que precisa e não deixa o quarto claro demais, arriscando acordar o bebê.

 

Atenção aos acessórios de tecido

Você já deve saber que peças têxteis deixam o quarto do bebê mais aconchegante. Portanto, quando for escolher cortinas e lençóis, dê preferência a tecidos orgânicos como matéria-prima (algodão natural, por exemplo). Isso porque fibras naturais são de fácil manutenção e menos agressivas à pele do pequeno. Para o acabamento, renda e tafetá são clássicos!

 

Bebês sem fronteiras

Vários papais e mamães têm buscado referências dos lugares mais diversos do Planeta na hora de decorar o quarto do bebê. Influências tropicais, orientais e até no Polo Norte tomam conta de papéis de parede, jogos de cama e objetos de decoração. Um charme!

 

Feira de móveis apresenta tendências para quarto de bebê

A Movelsul Brasil 2018, feira de móveis voltada para lojistas e importadores, será realizada de 12 a 15 de março de 2018, de segunda a quinta-feira, das 12h às 20h, no Parque de Evento de Bento Gonçalves (RS). São esperados 200 expositores dos segmentos de escritório, cozinha, dormitórios, área de serviço, banho, móveis para jardim, eletros, copas, salas de jantar e estar, tapetes, estofados, móveis para o quarto do bebê, quarto planejado e colchões.

 

O evento tem entrada gratuita mediante credenciamento e é aberto apenas ao público profissional (lojistas, representantes, arquitetos, designers, decoradores, importadores, profissionais da construção civil e imprensa).

Notícias relacionadas:

Feira de móveis: tendências para 2018 e 2019

Melhores tendências para o quarto do casal

Como planejar quarto de solteiro?