Notícia
  • 05 Jul 2012

    Sindmóveis e UCS firmam parceria para pesquisa no setor moveleiro


  Projeto-piloto vai resultar no levantamento de dados microeconômicos em 16 indústrias   Na última quarta-feira, dia 4, o Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis) e a Universidade de Caxias do Sul assinaram convênio para a realização de uma pesquisa microeconômica das indústrias de mobiliário com 16 fabricantes de móveis planejados e seriados. O projeto-piloto tem como objetivo abastecer o setor com indicadores que possam balizar seu desempenho em áreas como comercial, varejo, investimentos, industrial, Recursos Humanos, meio ambiente e financeiro/administrativo.  O software para a tabulação das informações estará concluído até o mês de julho e, em agosto, o grupo de pesquisadores deve iniciar as primeiras visitas com o objetivo de sensibilizar as empresas à participação no projeto. As informações prestadas são de caráter confidencial, ficando disponível às participantes apenas as informações sobre seu próprio desempenho, além de comparativos sem a identificação das demais indústrias.  A coordenadora da pesquisa, professora Mônica Mattia, explica que os dados serão avaliados semestralmente e fornecerão um panorama mais detalhado dos fatores que influenciam na competitividade das empresas, podendo ser utilizados, inclusive, como subsídio para a reivindicação de pleitos juntos aos governos estadual e federal. “Esses indicadores representam dinheiro a mais ou a menos no caixa”, destaca. Cátia Scarton, presidente do Sindmóveis, destaca a importância de as empresas aderirem à iniciativa. Segundo ela, o setor moveleiro carece de indicadores mais específicos, sobretudo que considerem as características do polo de Bento Gonçalves. “O caso de Bento é particular e único, afinal, é o maior e mais importante polo moveleiro do país”, conclui.