Notícia
  • 05 Out 2012

    Sindmóveis e Movergs doam automóvel para a Brigada Militar


  o Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis) e a Associação das Indústrias de Móveis do RS (Movergs) oficializaram, na manhã desta sexta-feira, dia 5, a doação de um automóvel zero para a Brigada Militar de Bento Gonçalves, através da Fundação Consepro de Apoio à Segurança Pública.    Participaram da entrega o comandante do 1º Pelotão do 3º Batalhão de Áreas Turísticas da Brigada Militar, capitão Reni Zdruikoski; o presidente do Consepro, Geraldo Leite; a presidente e o vice-presidente do Sindmóveis, Cátia Scarton e Henrique Tecchio; o presidente da Fimma Brasil, Cacildo Tarso; o diretor Industrial, Volmir Dias; e o diretor de Divulgação, Paulo César Franzoni.   A presidente do Sindmóveis, Cátia Scarton, reforça a necessidade de parceria entre o setor moveleiro, que representa mais de 50% do PIB local, e os órgãos da segurança pública. “Ao investirmos recursos nessas contribuições, temos convicção de estar contribuindo para a segurança das feiras, para o bem-estar da comunidade e, consequentemente, para o desenvolvimento sustentável do setor”, acrescenta.   Cacildo Tarso, presidente da Fimma Brasil, associa a doação ao exercício prático de responsabilidade social que os setores de maior desenvolvimento da cidade devem ter. “Precisamos estimular parcerias eficientes a todos os setores da sociedade. Graças aos serviços de segurança pública de Bento Gonçalves, organizamos uma cidade capaz de atrair turismo e importantes eventos como a Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira”, avalia.   As duas entidades ratearam igualmente o valor de R$ 28 mil para a compra do automóvel, como forma de apoio às atividades da Brigada Militar e reconhecimento aos serviços prestados durante o período das feiras Casa Brasil, Fimma e Movelsul Brasil. Como contrapartida, a corporação compromete-se a manter operações especiais de policiamento durante os eventos promovidos pelo Sindmóveis e Movergs. O automóvel ainda precisará passar por adaptações antes de ser incluso no patrimônio da Brigada Militar e ser utilizado no policiamento da cidade. A previsão para adesivagem e instalação de equipamentos é de 90 dias.