Notícia
  • 20 Mar 2013

    Salão Design Casa Brasil 2013 tem 122 finalistas


Foto destaque da notícia Foto destaque da notícia Foto destaque da notícia

    Encerrada a primeira fase de julgamento do Salão Design Casa Brasil 2013, o maior prêmio de design moveleiro da América Latina, os jurados anunciaram a seleção de 122 projetos para a próxima fase. Agora, os concorrentes têm até o dia 26 de junho para envio dos protótipos para julgamento. O prêmio, realizado há 25 anos pelo Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis), tem como objetivo integrar criatividade e inovação tecnológica a móveis e acessórios por meio do design.    Nessa edição, serão distribuídos R$ 175 mil em prêmios nas modalidades Estudante, Profissional e Indústria. A comissão julgadora é formada por cinco renomados profissionais e representantes de entidades nacionais e internacionais: a jornalista Maria Helena Estrada; os professores Ivens Fontoura (PUC-PR) e Gabriel Simón Sol (Universidad Autónoma Metropolitana – México); o designer carioca Leonardo Lattavo e a arquiteta gaúcha Ilse Lang.    Na avaliação dos jurados, na média, foram inscritos projetos de melhor qualidade em relação às edições anteriores do prêmio. Para o jurado Ivens Fontoura, houve um menor número de especulações projetuais, ou seja, propostas que dificilmente teriam condições técnicas de execução. Segundo ele, os concorrentes inovaram no uso de materiais, propuseram novas tecnologias e configurações de uso. O resultado foi um debate equilibrado entre os membros da comissão julgadora. “Um júri é um casamento onde os cônjuges não se escolhem. Percebemos, pela coesão de nossas avaliações, que as propostas melhoraram”, avalia.   Fontoura destaca ainda que o objetivo primário do design é oferecer às pessoas melhor qualidade de vida por meio de objetos mais confortáveis e que envolvam menor consumo de energia e matérias-primas em sua fabricação. Contudo, a comissão julgadora também levou em conta a emoção provocada pelo projeto inscrito. “O bom objeto é aquele que se faz perceber entre os demais, que se destaca e provoca empatia a quem vê”, conclui.   O Salão Design Casa Brasil 2013 teve 776 inscritos e um percentual de 15% de selecionados para a segunda etapa. O jurado Leonardo Lattavo conta que esta primeira análise foi feita com base nas informações passadas pelo projeto, análise fotográfica e tridimensional. A esses critérios técnicos, acrescenta-se a memória histórica dos jurados, que possibilita a conexão das propostas apresentadas a referências do design mundial e até a identificação de tentativas de cópia. Um dos critérios considerados foi o grau de detalhamento do projeto –  se havia uma descrição satisfatória das peças e encaixes. “Havia projetos com grande potencial, mas tão incompletos que acabaram desclassificados”, pontua.    Com patrocínio de Impress e Berneck, o prêmio Salão Design Casa Brasil 2013 terá sete categorias: Móveis para Dormitório; Móveis para Sala de Estar e Jantar; Móveis para Cozinha, Área de Serviço e Banheiro; Móveis para Área Externa; Móveis para Escritório e Home-Office (incluindo mobiliário para espaços comerciais e públicos); Acessórios Domésticos; e Iluminação. Além das premiações em dinheiro nas categorias mencionadas, os produtos inscritos concorrem também a troféus já tradicionais no Salão Design: Professor Orientador, Madeiras Alternativas e a novidade que estreia nessa edição, o prêmio Ecodesign.    A lista dos selecionados estará disponível para consulta a partir do dia 25 de março, no endereço www.salaodesign.com.br/blog. A escolha dos vencedores será nos dias 8 e 9 de julho e a premiação, no dia 13 de agosto, durante a Casa Brasil 2013. Os produtos premiados e os selecionados para a segunda etapa estarão expostos na feira, que ocorre de 13 a 16 de agosto, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves.