Notícia
  • 30 Jun 2014

    Projeto Orchestra Brasil trará importadores para a final do Mundial


Foto destaque da notícia

Participando de ação da Apex-Brasil, empresas do projeto terão agenda de negócios com importadores, que assistirão à partida final da Copa do Mundo da FIFA 2014™
 
A Copa do Mundo da FIFA 2014™ tem sido palco de fortes emoções e grandes negócios. Atraídos pela chance de acompanhar as partidas do Mundial, mais de 2.300 compradores, investidores e formadores de opinião estrangeiros estão desembarcando no país a convite da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O projeto é desenvolvido em parceria com mais de 700 empresas e entidades setoriais como o Sindmóveis Bento Gonçalves, que trará três importadores para rodadas de negócios com empresas participantes do Projeto Orchestra Brasil.
Essa ação de marketing de relacionamento da Apex-Brasil tem como objetivo estimular as exportações brasileiras e captar investimentos estrangeiros, além de projetar a imagem comercial do Brasil no mercado internacional. A agenda de negócios do Projeto Orchestra Brasil inclui visitação dos importadores a empresas em Bento Gonçalves e São Paulo, terminando no hospitality da Apex-Brasil no Maracanã no dia 13 de julho, quando ocorre a final da Copa do Mundo da FIFA 2014™. Foram convidados três grandes distribuidores de acessórios, componentes e matérias-primas para a indústria moveleira do Canadá, Colômbia e Peru. Ao todo, 15 empresas participantes do projeto se inscreveram.
O presidente do Sindmóveis, Henrique Tecchio, pontua que dificilmente as empresas brasileiras teriam meios próprios para atrair estes importantes players do mercado internacional ao Brasil. “A adesão ao Projeto Orchestra Brasil é gratuita e as empresas fornecedoras de insumos e design para o setor moveleiro beneficiam-se não apenas destas ações pontuais, mas de informações e pesquisas de mercado, diversas ações de promoção comercial focadas nos mercados-alvo e uma rede de contatos privilegiada”, reforça Tecchio. 
Em 2013, durante a Copa das Confederações da FIFA, a primeira parte do projeto da Apex-Brasil resultou na geração de US$ 3 bilhões entre exportações e investimentos atraídos ao país. Agora, os convidados de 104 países terão mais de 800 agendas de negócios com setores como Tecnologia e Saúde; Casa e Construção; Alimentos, Bebidas e Agronegócios; Moda; Máquinas e Equipamentos; Economia Criativa; e Serviços.