Notícia
  • 12 Nov 2012

    Projeto Orchestra Brasil divulga cadeia moveleira em países da América do Sul


  Missão comercial aproximou fornecedores nacionais da indústria de móveis da Argentina, Paraguai, Peru e Uruguai   Com missões comerciais realizadas em quatro países vizinhos, o Roadshow América do Sul, promovido pelo projeto Orchestra Brasil de incentivo às exportações entre os meses de outubro e novembro, possibilitou uma aproximação inédita entre fornecedores brasileiros e a indústria moveleira de Argentina, Paraguai, Peru e Uruguai. O projeto, uma parceria entre Sindmóveis (Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves) e Apex-Brasil (Agência de Promoção de Exportações e Investimentos), promove a inserção competitiva das fabricantes insumos, tecnologias e serviço de design para o setor moveleiro no mercado externo. O calendário de ações do ano encerra-se com a participação do projeto na Design Miami, de 04 a 09 de dezembro.   O Roadshow foi uma uma iniciativa inovadora do projeto Orchestra Brasil, com o objetivo de aproximar as empresas participantes de associações representativas, fabricantes de móveis, distribuidores e importadores dos mercados visitados. Conforme o assessor de Inteligência Comercial do projeto, Eduardo Santarossa, a inserção é focada em parcerias de longo prazo, sendo os produtos brasileiros sugeridos como alternativas de tecnologia, qualidade e competitividade para as indústrias da América do Sul. “Os países do Mercosul já estão entre os 10 principais compradores de todos os produtos do projeto Orchestra Brasil. Aspectos como crescimento econômico e de importações específicas fazem com que eles estejam sempre entre nossas prioridades”, avalia.   No Peru, primeiro país que recebeu a missão comercial, uma pesquisa de amostragem feita entre os clientes convidados apontou a satisfação com as parcerias promovidas pelo evento. Entre os pesquisados, 100% participariam novamente em outro evento futuro e 70% consideraram ter firmado contatos interessantes. O país vive um momento decisivo para o fortalecimento de parcerias comerciais com o Brasil, com crescimento de renda da população, comércio internacional e ascensão da indústria moveleira. A produção mensal de móveis do Peru praticamente dobrou nos últimos cinco anos e a média anual de importações dos produtos do Orchestra cresceu acima de 15% de 2005 a 2011.    No Paraguai, 81% dos clientes presentes no encontro entre fornecedores brasileiros e a indústria moveleira local consideraram ter feito contatos interessantes. O país foi o quinto principal destino dos produtos brasileiros integrantes do projeto Orchestra, com crescimento médio anual de 2005 a 2011 de 26,1%. Já no Uruguai, onde foi registrado crescimento médio anual de 13,5% no mesmo período, todos os convidados afirmaram ter aprovado a iniciativa e apoiar a realização de uma segunda edição do encontro. Esse país ocupa atualmente a décima posição entre os principais destinos do Brasil.   O último evento do Roadshow foi realizado na Argentina – país que, no início de 2012, enfraqueceu as importações dos segmentos participantes do projeto Orchestra Brasil. Até o ano passado, esse mercado foi o principal destino dos insumos brasileiros para móveis, com crescimento médio anual de 15,4% no período de 2005 a 2011. Embora as barreiras desse país tenham afetado o comércio bilateral nesse ano, a expectativa é de que a missão comercial possa gerar novas parcerias, amenizando a situação a partir dos próximos meses. De janeiro a junho, a Argentina ficou em segundo lugar dentre os principais destinos brasileiros de componentes, acabamentos, acessórios, químicos e tecnologia para móveis. Esse país foi o que contou com o maior número de empresas presentes na missão comercial, que ocorreu na embaixada do Brasil.