Notícia

  • 11 Fev 2016
    Polo moveleiro de Bento Gonçalves tem faturamento negativo em 2015

A indústria moveleira de Bento Gonçalves registrou faturamento de R$ 2,2 bilhões em 2015, o que representa uma queda nominal de 13,4% em comparação ao ano de 2014. No Rio Grande do Sul, a queda nesse mesmo tipo de comparação foi de 10,2%. O faturamento das indústrias de móveis de Bento Gonçalves representa 33% do faturamento do setor no Rio Grande do Sul.

Analisado em conjunto com o fechamento de 1.185 empregos diretos no ano em Bento Gonçalves (perda de 14,3% na força de trabalho) é possível afirmar que o desempenho do setor é o pior em pelo menos 20 anos. Vale lembrar que em 2014 também houve queda, quando foi registrado um fechamento de 667 vagas.

Esse desempenho negativo ocorre em um contexto da ampla crise econômica brasileira, acentuado pela severa queda de atividade da indústria em geral e incertezas no âmbito político e econômico.

Ressalta-se que o setor moveleiro é um dos mais afetados pela crise. De acordo com dados do IBGE, a queda no volume do comércio varejista de móveis entre janeiro e novembro (15,9%) é a segunda pior entre todos os segmentos pesquisados, superado apenas por veículos, partes e peças.