Notícia
  • 17 Nov 2017

    O maior polo moveleiro do Brasil


A consolidação do polo moveleiro de Bento Gonçalves, atualmente o maior do Brasil em número de peças produzidas (IEMI), em muito está relacionada à história do Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis) e da feira Movelsul Brasil. O polo é formado por 300 indústrias e responde por 41% da indústria local. Em 2016, as indústrias moveleiras locais faturaram R$ 1,81 bilhões.

Dentro da indústria de transformação, esse segmento é o que mais emprega. É, portanto, de significativa contribuição para o desenvolvimento econômico e social da cidade, que tem 114 mil habitantes (IBGE, 2016). Bento Gonçalves, que possui o título de 'Capital Brasileira da Uva e do Vinho', é a primeira região do Brasil a obter a Indicação de Procedência para seus vinhos e também Denominação de Origem para o Vale dos Vinhedos. É um dos 65 Destinos Indutores do Turismo no Brasil.

Na região de Bento Gonçalves está boa parte das empresas que construíram marcas de referência no mercado brasileiro de móveis. Elas colocaram o móvel brasileiro em um novo patamar. Introduziram, entre outras inovações, o sistema de lojas próprias, um canal exclusivo de vendas que reforça a ideia de construir marcas fortes e fortaleceram o segmento de móveis planejados. É nesse contexto que se realiza, desde 1977, a Movelsul Brasil. Trata-se da maior feira de móveis da América Latina para o lojista e importador, que amparou o desenvolvimento do polo moveleiro local e vem posicionando mundialmente a produção brasileira de móveis.

 

Os principais fabricantes do Brasil estão na Movelsul

 

Em 2016, a Movelsul Brasil gerou um bom volume de negócios para as empresas de móveis expositoras mesmo em meio a um cenário de completa incerteza econômica, que evoluiu para a crise instalada nos meses que se seguiram. Aquela foi a 20ª edição do evento e contou com 29 mil visitantes profissionais de 48 países, num total estimado de US$ 300 milhões em negócios gerados a partir da feira.

Os maiores fabricantes brasileiros dos segmentos móveis para sala, móveis para o quarto, quarto do bebê, escritório, móveis para jardim, eletros, tapetes, estofados e colchões expõe na Movelsul Brasil a cada dois anos. Para a próxima edição, estão confirmadas empresas como Bertolini, Colchões Castor, Henn, Kappesberg, Móveis Carraro, Telasul e Tramontina – num total de 200 indústrias expositoras.

 

A internacionalização da Movelsul Brasil

 

A Movelsul Brasil passou a se internacionalizar a partir dos anos 2000, com a realização do primeiro Projeto Comprador internacional, afirmando a feira como um evento de negócios e serviços de classe mundial.

A divulgação internacional da feira como estratégia de captação de importadores e público estrangeiro para a Movelsul Brasil alcançou eventos como China International Furniture Fair (Guangzhou), ExpoMueble Guadalajara, Expocomer Panamá, Facim Moçambique, Feria Internacional Del Mueble De Valencia, High Point Market – EUA, IFFT 2005 – International Furniture Fair Tokyo, IMM Cologne, Imob Istanbul Furniture Fair, Index Dubai, Köln Messe Alemanha, Las Vegas Market, Mebel Moscou, “The Furniture Show” – Birmingham, Semana de Design de Milão.

O resultado desse intercâmbio foi o fortalecimento da Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira (Fimma Brasil), também realizada em Bento Gonçalves e, atualmente, entre as cinco principais do mundo para fornecedores da indústria moveleira.

 

Projeto Comprador e as exportações

 

A última edição do Projeto Comprador trouxe a Bento Gonçalves 30 importadores, num total de 780 rodadas de negócios com 120 empresas brasileiras. Ao todo, o público internacional da feira teve origem em 48 países, totalizando mais de 1.000 visitantes estrangeiros. Para a próxima edição, o Sindmóveis está preparando, com apoio da Apex-Brasil, o maior Projeto Comprador de sua história, trazendo 50 importadores para rodadas de negócios com pelo menos 120 empresas moveleiras.

O crescente número de países e rodadas é amparado pelo background qualificado da feira, com recepção bilíngue, assim como seu material de comunicação e o cuidado da Movelsul Brasil com os serviços externos à feira oferecidos aos visitantes. Por meio do Projeto Movelsul Excelência, a feira envolve a comunidade de Bento Gonçalves nos preparativos para o evento, com treinamentos para os profissionais ligados diretamente à feira e também para transportadoras, hotéis, restaurantes, bares, táxis e comércio local.

Tecnologias que ganham o mundo

Além de principal polo moveleiro em número de peças produzidas, em Bento Gonçalves estão os parques produtivos mais completos do país. A região conta com uma rede versátil de fornecedores, além de centros tecnológicos que dão grande apoio a atividades de pesquisa e desenvolvimento. Considerando o entendimento do Sindmóveis de que uma rede de fornecedores qualificada para as exportações ampara, também, o desenvolvimento da indústria moveleira nacional, surge, em 2006, o Projeto Orchestra Brasil.

Com apoio da Apex-Brasil, esse é um projeto destinado ao fornecedor da indústria moveleira, promovendo sua inserção sustentável no mercado externo. Atualmente, participam 50 indústrias de todo o país fabricantes de componentes, tecnologias, acessórios e insumos para o setor moveleiro.