Notícia
  • 25 Mai 2018

    Movergs e Sindmóveis: Comunicado Oficial sobre paralisação nas rodovias


Foto destaque da notícia

As indústrias moveleiras gaúchas foram fortemente impactadas pela paralisação dos caminhoneiros, com falta de gás e escassez parcial de matérias-primas, obrigando muitas delas a suspenderem suas atividades.

Nesse momento crucial de reivindicações, especialmente sendo Dia da Indústria, a Associação das Indústrias de Móveis do Estado do RS (Movergs) e o Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis) corroboram o posicionamento da Fiergs publicado na manhã desta sexta-feira: o país não pode ficar refém da paralisação que traz graves consequências à sociedade.

As entidades moveleiras consideram legítimas as manifestações, mas não essa situação de interdição das rodovias que está trazendo sérias consequências com a falta de insumos para a produção moveleira e itens de primeira necessidade para toda a população.

Assim sendo, Movergs e Sindmóveis Bento Gonçalves endossam a pressão pela retomada imediata das condições de trafegabilidade nas rodovias, o que ainda não aconteceu, apesar do acordo firmado na noite de quinta-feira.

>> 25 de maio, Dia da Indústria: menos a comemorar, muito a trabalhar!