Notícia
  • 27 Mar 2014

    Maioria dos expositores da Movelsul já produz para a classe média


Foto destaque da notícia

Levantamento realizado a pedido do Sindmóveis revela perfil do novo consumidor
 
Com o objetivo de entender o impacto da nova classe média para os expositores da Movelsul Brasil 2014, o Sindmóveis Bento Gonçalves encomendou um levantamento com 100 empresas presentes na feira. Além de novidades apresentadas durante o evento, a pesquisa traçou um perfil do consumidor das indústrias entrevistadas.
As entrevistas apontaram que cerca de 70% das empresas vendem móveis para a classe média, sendo que pelo menos 20% definem seu target como classe C. Focados nesse público, alguns expositores declaram ter linhas específicas para atender esse nicho de mercado. A Artefama, de Santa Catarina, por exemplo, passou a produzir móveis voltados para a classe média a partir de 2012, na última edição da Movelsul Brasil.
Algumas empresas, inclusive, entendem que os investimentos em linhas mais populares geram resultados não alcançados com nenhuma outra fatia de consumo, como as classes A e B. Pensando no desejo da nova classe média, as indústrias vêm apostando, principalmente, em maquinário e tecnologia. Além disso, buscam novas matérias-primas, qualificação de pessoal, pesquisa de tendências e contratação de designers.
Embora as regiões Sul e Sudeste concentrem o maior volume de vendas dos expositores ouvidos, 80% deles relatam novas e crescentes vendas para o Nordeste. Essa é a região do país que mais ganhou novos consumidores na última década, quando 26% da população nordestina entrou para esse grupo. Consumidores que antes se preocupavam apenas com preço, hoje levam em consideração conforto e estética.
Nesse sentido, a Movelsul Brasil é uma feira de negócios e tendências reconhecida principalmente pela indústria de porte médio. Para estes, é uma oportunidade de ter seu produto exposto para compradores de todo o Brasil, América Latina e demais países participantes. O evento, que segue até sexta-feira, dia 28, também é percebido como uma chance para estabelecer contatos próximos e produtivos com diferentes lojistas, sendo que muitos relatam que ali se iniciam parcerias duradouras com a rede varejista.