Notícia

  • 18 Mar 2016
    Importadores da Bulgária miram bons negócios em estreia na Movelsul Brasil

Estreante no Projeto Comprador da Movelsul Brasil, principal feira de móveis e complementos da América Latina, a Bulgária mira no Brasil oportunidade de bons negócios com o setor moveleiro. Atualmente, o país importa de fornecedores da Polônia, Sérvia, China, Itália, Turquia e Romênia. A ideia é, a partir desta edição, criar relações de negócios com as empresas nacionais, garantindo soluções com design e preços acessíveis para o consumidor. 

“Os produtos brasileiros têm preços competitivos, mas precisam se adaptar ao mercado, começando pelas cores. Na Bulgária, as pessoas preferem móveis com tons mais escuros”, destaca o Diretor de Relações Internacionais da Associação Búlgara de Madeira e Indústria Mobiliária, Ivaylo Todorov. Ele e Rossitza Pesheva, também da associação, representam na Movelsul seis empresas do setor: Videnov Group, Alfa Mebel, Dizma, Deizy Mebel, GS Malmgren Interiors e Mondo.

Surpresos com os preços dos produtos, já que imaginavam encontrar itens com valores muito mais elevados, eles destacam a organização da feira. “Estamos encantados com o tamanho dos pavilhões. Tudo muito bem planejado. Os responsáveis pelo evento estão de parabéns”, destaca Todorov.

No total, trinta importadores de 14 países participam das rodadas de negócios até a próxima sexta-feira, 18. A expectativa é gerar US$ 35 milhões a partir do Projeto Comprador.