Notícia
  • 10 Mar 2015

    Desempenho do polo moveleiro deve afetar Convenção Coletiva 2015


Foto destaque da notícia

Desde janeiro, o Sindmóveis e o Sitracom discutem os termos da Convenção Coletiva da categoria vigente para o ano de 2015. O desempenho do setor moveleiro no ano passado deve influenciar o reajuste salarial para os trabalhadores da indústria do mobiliário. Além da queda de 9,4% no faturamento real do polo, a redução nos postos de trabalho é a pior desde 2007, quando esses dados começaram a ser divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). De acordo com dados do CAGED, no ano passado registrou-se um saldo negativo de 667 empregos na indústria moveleira de Bento Gonçalves.

O Sindmóveis está indicando às indústrias que desejem antecipar algum índice a buscarem informações no setor jurídico da entidade. Em agosto passado, a Convenção Coletiva de 2014 já determinava a antecipação de 2,7%.

As negociações entre os sindicatos permanecem transcorrendo e as empresas do setor serão comunicadas assim que a convenção for protocolada junto ao Ministério do Trabalho.